A PARÁBOLA DO AMOR-PERFEITO

amorperfeito

Um rei foi ao seu jardim e encontrou as árvores, arbustos e flores definhando e morrendo. O carvalho disse que estava morrendo porque não podia ser tão alto quanto o pinheiro. Já o pinheiro murchava porque era incapaz de dar uvas como a parreira. E a parreira morria porque não podia desabrochar como a roseira. Então, ele encontrou uma planta florida e viçosa. Era o amor-perfeito, que lhe disse:

– Supus que quando me plantou você queria um amor-perfeito. Se quisesse carvalho, parreira ou roseira, os teria plantado. Então pensei que, como não posso ser ninguém além de mim mesmo, tentarei sê-lo da melhor maneira possível.

Desta forma, aquele amor-perfeito se sobressaía em toda região: único, belo, imponente…

Você já observou? Quando Deus nos criou, nos fez com características próprias. Filhos amados com seus dons, sentimentos e sonhos. Muitas vezes, decepcionados com a realidade e com os acontecimentos, nos deixamos levar pela mentira da inutilidade e somos paralisados.

Tentam nos fazer acreditar que somos desnecessários e até mesmo indignos. E muitas vezes, como o carvalho, o pinheiro e a parreira da história, aceitamos o que nos é determinado…

Deixamos de realizar, de lutar por nossos sonhos, de perseguir a vitória porque acreditamos na mentira da incapacidade e da inferioridade…

– Existem também aqueles que se deixam paralisar pelo desejo de querer o que não é de sua competência. De querer o sucesso que o outro tem, de exercer sua função, de ter os seus bens…

Se preocupam tanto com o sucesso alheio que se esquecem de sua própria situação. Amargam o fracasso porque direcionam seus esforços em acompanhar e imitar a vida dos outros. Como o carvalho, o pinheiro e a parreira da história, se esquecem de seu próprio potencial e morrem aos poucos, decepcionados pelo que não conseguiram…

– Qual a postura de vida que você tem tomado? Tem acreditado nas mentiras da incapacidade e da inferioridade? Tem se deixado paralisar por elas? Ou tem embarcado na ilusão de que você só será importante e feliz quando tiver o que o outro tem?

– Em qual situação você tem se encaixado?

– Lembre-se do amor perfeito, que satisfeito pela bênção da existência, buscou nisto mesmo a razão para o seu crescimento. Não importa qual seja a sua situação de vida, não importa o que pensam e falam de você. O que importa mesmo é que você acredite que, se Deus te fez do jeitinho que você é, é porque você pode dar muitos frutos, é porque você pode ser muito feliz! Como o amor perfeito da história, acredite em si mesmo. Todos nós temos importância no tempo em que vivemos. A diferença é que existem aqueles que acreditam nisso e aqueles que não…

Acredite na sua importância, use dos dons que Deus te deu e seja feliz!

(Autor Desconhecido)

Leia também