A PARÁBOLA DO HOMEM ANSIOSO EM BUSCA DA FELICIDADE

 

 

pedras

Um homem caminhava pela praia numa noite de lua cheia. A paisagem era linda, deslumbrante, mas ele não conseguia ver nenhuma beleza naquele momento. Via apenas uma imensa escuridão… Ele estava preocupado demais, ansioso demais, triste demais.

No meio do caminho, achou uma sacola, cheia de pedrinhas. Automaticamente, sem olhar para o interior da sacola, começou a tirar as pedras e joga-las ao mar…

Ele as jogava uma a uma no mar cada vez que dizia:

– Seria feliz se tivesse…

Era uma forma de demonstrar sua insatisfação e revolta com a vida. E assim ele disse:

– Se tivesse um carro novo, seria feliz… jogando em seguida uma pedrinha ao mar…

– Se tivesse uma casa grande, seria feliz…

E lá foi outra pedrinha…

Durante horas ele agiu desta forma, como se fosse um ritual…

– Se tivesse um excelente trabalho, seria feliz…

– Se tivesse uma parceira perfeita, seria feliz…

– Se tivesse um corpo perfeito, uma aparência melhor seria feliz…

– Se tivesse outro trabalho seria feliz…

– Se tivesse outra família seria feliz…

– Se morasse em outro lugar seria feliz…

Assim ele fez até que somente ficou com uma pedrinha na sacolinha, que decidiu guardar.

Ao chegar em casa, para sua surpresa e tristeza profunda percebeu que aquela pedrinha tratava-se de um diamante muito valioso…

Você imagina quantos diamantes ele jogou ao mar sem parar para pensar?

Assim somos nós. Jogamos fora nossos preciosos tesouros por que nos deixamos levar pela impaciência, ganância, insensatez, ansiedade, orgulho…

Esperando sempre mais e melhor, queremos o que acreditamos ser perfeito e não aceitamos o que temos, não vivemos o presente…

Cada pedrinha que temos em nossa vida deve ser observada com carinho porque certamente, apesar da aparência, é um diamante valioso. Deus não nos dá nada em vão. Todas as coisas ocorrem para o bem daqueles que crêem em Deus e quando temos a postura correta, quando nos dispomos para Deus agir em nossa vida, quando renunciamos ao nosso egoísmo, à nossa ganância, deixamos de ser cegos espirituais e passamos a viver plenamente…

Em cada dificuldade que você enfrenta hoje, em cada detalhe de sua vida que você não gosta e não aceita, existe o soberano amor de Deus, que como Pai te dá o melhor. Mas se você ainda não consegue enxergar isso. Se o seu coração ainda está duro, se os seus olhos ainda estão fechados. Lembre-se de Isaías 42:16: O senhor te diz: E guiarei os cegos pelo caminho que nunca conheceram…

Deixe-se guiar por Deus, mesmo que agora você só esteja vendo a escuridão. Creia no amor do Pai e no momento certo seus olhos serão abertos e sua vida totalmente transformada.

Leia também