A PARÁBOLA DO PREGO COM COMPLEXO DE INFERIORIDADE

prego

Uma nova igreja fora construída e as pessoas vinham de todas as partes para admirá-la. Passavam horas admirando a beleza da obra.

Lá em cima, no madeiramento do telhado, um pequeno prego à tudo assistia. E ouvia as pessoas elogiando todas as partes da encantadora estrutura – exceto o prego!

Nem sequer sabiam que ele estava lá, e ele ficou irritado e com ciúmes.

– Se sou tão insignificante, ninguém sentirá minha falta!

Então o prego desistiu de sua vida, deixou de fazer pressão e foi deslizando até cair ao chão.

Naquela noite choveu e choveu muito.

Logo, onde faltava um prego, o telhado começou a ceder, separando as telhas. A água escorreu pelas paredes e bonitos murais. Com a força da enxurrada o gesso começou a cair, o tapete estava manchado e a bíblia estava arruinada pela água.

Tudo isto porque um pequeno prego desistira de seu trabalho! Mas como ele ficou nessa história? Ao segurar o madeiramento do telhado, ele era totalmente útil. Agora, enterrado na lama, perdeu o sentido de existir . Aos poucos foi sofrendo as conseqüências de seu orgulho e, na solidão, foi comido pela ferrugem!

Por mais insignificantes que nos sintamos, todos nós temos um caminho a seguir, uma missão a cumprir. Cada um de nós foi capacitado com dons e características únicas, fundamentais para o crescimento da sociedade em que vivemos…

Muitas vezes, por não termos o cargo que tanto sonhamos, por acharmos nossa tarefa pequena, por acharmos que não temos dons importantes, sofremos e deixamos de cumprir nossa função na família, na sociedade, no trabalho, na igreja. Preocupados com a glória e o reconhecimento que não temos, vivemos pela metade e, como o prego da história acabamos enferrujando com o tempo…

Em 1 Corintios 12:1-31 está escrito: “O corpo não é formado por um só membro, mas por muitos. Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se fosse ouvido, onde estaria o olfato? E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? Os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários, fundamentais”.

Seja qual for a sua função, tarefa ou cargo, creia que você é fundamental. Invista nos talentos que Deus te deu, multiplique-os!

Seja o melhor na sua função agora, aprenda, cresça com ela e lute por seus sonhos com o prazer de estar vivendo a vida, aproveitando e multiplicando cada momento. Como podemos reclamar de falta de atenção e de valorização se não cumprimos nossas tarefas com ânimo, zelo e dedicação?

Lembre-se que você é um membro precioso do corpo, que só vai estar funcionando em total harmonia se todos os membros estiverem sadios e fortes. Se todos os membros estiverem cumprindo plenamente a sua função…

(Autor Desconhecido)

 

Leia também