A PARÁBOLA DOS CARANGUEJOS

image

Havia um homem na praia que vendia caranguejos. Tinha dois baldes cheios de animais vivos, mas apenas um balde estava tampado. Uma mulher perguntou-lhe:

” – Por que você tampou um dos baldes e o outro não?”

O vendedor respondeu:

” – Porque vendo dois tipos de caranguejos: os que colaboram e os que competem. Os caranguejos que colaboram tentam sempre sair do balde. Quando não conseguem, eles fazem uma corrente, apoiam-se uns nos outros e, assim, todos conseguem sair. Por isso, tenho de tampar o balde.”

O homem fez uma pausa, diante do olhar admirado da mulher e confirmou:

” – É isso mesmo, Dona. É uma coisa impressionante!”

” – Mas, e os outros? Por que ficam com o balde destampado? Não vão tentar sair também?”

” – Ah! Os caranguejos que competem também tentam sair. Mas, sempre que um deles tenta saltar e está quase conseguindo sair do balde, os outros por baixo dele o agarram e puxam para baixo. Assim, nenhum deles consegue escapar.”

Reflita sobre este tema em sua vida pessoal e profissional. Há, em todo tipo de situação, ‘caranguejos que colaboram’ e ‘caranguejos que competem’.

Se temos obtido e oferecido colaboração, estamos no primeiro grupo e conseguiremos alcançar nossos objetivos. Mas, se estamos puxando uns aos outros para baixo, dificilmente teremos a união e a força necessárias para vencer as dificuldade e chegar onde queremos.

Pensem nisso!

( Texto adaptado por Anéria Lima)

Leia também