A PARÁBOLA DOS CUPINS

 

cupinzeiro

Dizem que antigamente, quando chovia muito, os cupinzeiros ficavam alagados. Um dia, um cupim teve uma idéia brilhante: “Vamos construir um prédio”.

Todo mundo caiu na risada, afinal, os cupins estavam tão acostumados a viver embaixo da terra que a idéia pareceu-lhes um absurdo.

Mas, o sujeitinho era persistente e acabou convencendo alguns amigos a ajudá-lo. No entanto, apesar da boa vontade de todos, muitos problemas de arquitetura surgiram. O principal deles era que as paredes desmorovam com facilidade e a água da chuva levava todo a terra embora, antes que eles pudessem concluir uma etapa qualquer.

Então, um deles desenvolveu uma nova tecnologia: “A Saliva Super Aderente Plus, de Secagem Rápida”. O sucesso foi tão grande que, não somente eles, mas todos os cupins passaram a construir prédios. E nunca mais sofreram nas épocas de chuva.

Se você duvida, vá ao campo e vejam os magníficos edifícios que eles constroem.

É, valeu a persistência e o trabalho de equipe. Até hoje aqueles “malucos” são reverenciados pela comunidade cupiniana mundial.

“Ideias ousadas são como as peças de xadrez que se movem para a frente; podem ser comidas, mas podem começar um jogo vitorioso.” (Johann Goethe)

“Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades, lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível.” (Charles Chaplin)

Leia também