APENAS UMA GOTA DE ÁGUA PURA

 

 

gota2

Um dia em que a Madre Teresa estava em Roma de regresso de Oslo, onde lhe tinham entregado o Prêmio Nobel, um jornalista perguntou-lhe se pensava que as suas fadigas tivessem mudado o mundo e ela respondeu:

-Olhe, nunca pensei em mudar o mundo. Só procurei ser uma gota de água limpa em que o amor de Deus pudesse brilhar. Esforce-se também você por ser um gota de àgua limpa e já seremos dois. É casado?

-Sim, Madre.

-Então, diga também à sua esposa e, assim, já seremos três! Tem filhos?

-Três filhos, Madre.

-Diga também a eles e, assim, já seremos seis.

“As vezes você espera um único gesto, não exige grandes feitos e nem grandes coisas, apenas um gesto, um sorriso, um olhar, um tratamento mais especial, espera coisas que você sabe que não são difíceis de dar, afinal você faz isto com tanta facilidade.  Descobri, que não é difícil amar as pessoas ou se doar um pouco, mesmo que por mero carinho, o difícil é deixar o ego de lado, sair do posicionamento de seres mimados que sempre esperam o outro fazer algo por elas e se desdobrar para lhes agradar, enquanto só te assistem fazer tudo. Dizem que temos que aprender a nos amar para podermos amar os outros, mas eu penso que eu ja tenho tanto amor por eu mesmo, e dentro de mim, que o que eu preciso de fato é encontrar alguém, para partilhar deste amor, senão ele vai, estufar o meu peito, empinar o meu nariz e me fazer ter olhos só para eu mesmo.”(Wesley Diniz)

“O mundo é salvo todos os dias por pequenos gestos. Diminutos, invisíveis. O mundo é salvo pelo avesso da importância. Pelo antônimo da evidência. O mundo é salvo por um olhar. Que envolve e afaga. Abarca. Resgata. Reconhece. Salva.” (Eliane Brum)

Leia também