NINGUÉM SE IMPORTA COMIGO…

dprs

Há momentos na em que tudo parece perdido, não existem boas perspectivas e qualquer decisão com final feliz escapa entre os vãos dos dedos. Então, não vendo horizontes à frente, nem resultados no que ficou para trás, perguntamo-nos: minha vida vale a pena? Que sentido faz viver? Alguém se importa comigo? Que diferença eu faço na vida das pessoas?
Os sentimentos de desvalor, de abandono, de inadequação frente ao mundo, não marcam apenas a existência daqueles que estão jogados nas sarjetas e becos da vida. Não é por acaso que entre as doenças da alma, talvez a baixa auto-estima seja a pior das epidemias.

Você já se sentiu assim? Quanto vale a sua vida? Já parou para pensar nisto? Veja esta mensagem de “Conexões de Esperança” e medite sobre o assunto.

Leia também