ORAÇÃO DO NORDESTINO

image

Livrai-me Senhor da estiada

Da dor do medo e da fome

Da angustia que me consome

Do mal que assola a manada

Da seca que vem tão malvada

E me rouba a última flor

Me cura Senhor dessas mágoas

Me arranca dos olhos as águas

E molha este chão sofredor.

(Guibson Medeiros)

Leia também