QUASE SALVO…

 

miss_the_target_1600_clr

Dia após dia aparecem novos exemplos de pessoas que “quase” conseguem aquilo a que se propuseram, mas fracassam.

Quase. Palavra maldita. Pode-se chegar a ser “quase” tudo, sem ser “quase” nada.

Se estar “a ponto de “ e não conseguir pode ser algo grave em nossa vida, muito mais na vida espiritual! Deus não conhece os salvos pela metade. Tampouco gente “quase” crente. Na Bíblia não se admite os “quase” convertidos… Deus é muito taxativo: ou é ou não é.

Estar quase salvo não significa nada: estar na porta não significa estar dentro. Ou você entra, ou você fica fora.

É muito perigoso viver na fronteira do “quase”. Escutar a mensagem de Deus e pensar: “é bonito” conhecer o caminho da salvação; “é agradável” ir a uma igreja na qual se prega que Jesus é o Senhor e dizer: “esta é a verdade”, e entretanto, estar perdido!

Sim, o “quase” é perigoso porque nos dá a falsa impressão de que já estamos lá. Pode-se inclusive ser filho de um crente e escutar a Palavra de Deus em casa cada dia: quase tomar
uma decisão, mas nada mais. Pode-se estar quase comprometido com o Evangelho! Pode-se estar às portas do céu e ter ao alcance da mão a misericórdia de Deus e estar completamente perdido.

Milhares de exemplos na história nos falam de homens e mulheres que quase conheceram ao Senhor. Pessoas que, por pouco, seriam salvas. Estas deixaram passar sua oportunidade. Esperaram o dia seguinte, o momento seguinte, a próxima decisão, e morreram completamente perdidos!

Todo o que espera ser salvo na décima primeira hora morre às 10h50. Não fique no “quase”. Comprometa-se com Deus hoje mesmo, AGORA MESMO. O inferno está cheio de pessoas quase salvas.

VOCÊ ESTÁ QUASE SALVO?

Então você está completamente perdido.

 

Leia também