TENTE IMAGINAR

 

 

pgt

Imagine se conseguíssemos viver o Evangelho como ele realmente é.

Se perdoássemos os que nos ofendem.

Se amássemos os nossos inimigos e construíssemos pontes de reconciliação entre os que estão perdidos nos vales da inimizade.

Imagine se compartilhássemos os bens que temos – e geralmente temos muito daquilo que não necessitamos de verdade.

Imagine como o mundo seria…

Ocorreria uma revolução fantástica se voltássemos os nossos olhos – e TAMBÉM AS NOSSAS MÃOS – para os pobres, os machucados, os oprimidos deste mundo.

Talvez não houvesse fome, talvez os homens não se auto-destruíssem por tantas mágoas e opressões das mais diversas.

Imagine se nossos cultos não fossem apenas reencontros de fim de semana.

Se os membros pudessem participar mais ativamente das celebrações, e não apenas com o “amém”, o canto e as palmas ao fim de cada canção.

Imagine se levássemos a sério a mensagem bíblica que afirma sermos todos nós possuidores de dons especiais; dons que só são úteis quando utilizados para o bem do próximo.

Seríamos verdadeiramente um corpo na teoria e na prática, não acha?

Bem, talvez se compreendêssemos melhor o que é ser Igreja e o que é o Reino, tudo isso seria realmente possível.

Se nós não estivéssemos tão ocupados com as coisas temporais, coisas tão passageiras… e com nossas glórias pessoais, é bem provável que nos empenharíamos de tal modo a alcançar estes alvos que, com o poder de Jesus, realizaríamos coisas grandiosas em nosso tempo!

 

(Autor Desconhecido)

 

Leia também