VOCÊ É LIVRE?

 

samurai

Conta-se que há muito tempo atrás, próximo a Tóquio vivia um grande Samurai. De rígida formação, suas principais características eram a disciplina, lealdade e  grande habilidade com a katana.

Já idoso, dedicava-se a ensinar a arte milenar aos mais jovens.

Já cansado pelos anos, não possuía mais a mesma destreza de antes. Porém, apesar de sua idade, corria por todos os cantos a lenda de que ainda era capaz de  derrotar qualquer adversário.

Certa tarde, um guerreiro conhecido por sua total falta de escrúpulos apareceu pelas redondezas. Seu objetivo era derrotar o velho Samurai e aumentar sua fama.

Diante da insistência, o velho aceitou o desafio.

Imediatamente o rapaz, covardemente, começou a insultá-lo. Chutou algumas pedras na direção do Samurai, cuspiu em seu rosto, xingou-o, ofendeu seus ancestrais.Durante horas fez tudo para provoca-lo.

No entanto, apesar de toda provocação, o ancião permaneceu impassível.

No final da tarde, sentindo-se já exausto e humilhado, o impetuoso guerreiro retirou-se cabisbaixo.

Desapontados com a atitude de seu mestre, os alunos perguntaram ao Samurai como ele pudera suportar tanta indignidade. Teria sangue de barata. Como é possível alguém ser tão provocado e não reagir? Porventura sentira-se ameaçado pelo adversário?

– “Se alguém chega ate vocês com um presente, e vocês não o aceitam, a quem pertence o presente?” Perguntou o velho.

– “A quem tentou entregá-lo!”, respondeu um dos discípulos.

– “O mesmo vale para a inveja, a raiva e os insultos”, respondeu o professor. “Quando não são aceitos continuam a pertencer a quem os carregava consigo. A tua paz interior depende exclusivamente de ti. As pessoas não te podem tirar a calma. Só se tu permitires…”

“Melhor é o que tarda em irar-se do que o poderoso, e o que controla o seu ânimo do que aquele que toma uma cidade. (Provérbios 16:32)

“O homem que se domina a si mesmo, liberta-se de um poder que o acorrenta, e que escraviza quase todas as pessoas.” (Friedrich Schiller)

“Aquele que domina os outros é forte. Aquele que domina a si mesmo é poderoso.” (Lao Tsé)

Você é livre?

Leia também